INTERNACIONAL

Colapso do edifício de uma fábrica têxtil mata mais de 400 operários - Bangladesh: Operários revoltam-se contra exploração desenfreada

bangladesh 01O colapso do edifício onde funcionavam várias fábricas têxteis em Dacca, a capital do Bangladesh, provocou mais de 400 mortos, existindo, até este momento em que escrevemos, cerca de 700 desaparecidos, é importante salientar que neste edifício trabalhavam e viviam cerca de 2000 pessoas. Esta tragédia, mais uma que assola este povo, deu origem a uma revolta operária e popular generalizada, conduzindo à paralisação de mais de 40 fábricas do sector em redor de Dacca.

Os operários acusam as autoridades locais e as empresas, que praticam uma exploração desenfreada a que são submetidos estes operários, de “desrespeitarem as questões de segurança do trabalho”.

É importante referir que a esmagadora maioria destes operários ganha um salário de miséria, correspondente a 40 dólares mensais, para um horário de trabalho de 11 horas por dia!

bangladesh 02

A produção destas fábricas-prisão (também existentes no Paquistão e na Índia, por exemplo) destina-se, de modo significativo, a grandes cadeias multinacionais do pronto-a-vestir, como a Mango, a Benetton e a Primark.

Este é mais um trágico exemplo do que representa a exploração impiedosa, sórdida e sub-humana a que as multinacionais se entregam em todo o mundo.


Partilhar

Adicionar comentário


Código de segurança
Actualizar

Está em... Home Internacional Colapso do edifício de uma fábrica têxtil mata mais de 400 operários - Bangladesh: Operários revoltam-se contra exploração desenfreada