CULTURA

Marcelo/ANP

Marcelo/ANP

I

De braguilha bocal aberta
Temos um Presidente recauchutado
Arauto do Fascismo e de sua Excelência
A PIDE era a segurança do Estado
E a guerra colonial uma vitória certa.

II

E como muito bem acomodado
A posse das colónias era uma exigência
Cego e mudo sobre o povo maltratado
Na sua indiferente garganta esperta
O país rumava no atraso traçado.

III

Acoitado no silêncio por experiência
Pelo golpe de Estado mal-amado
Aplacada a sua grandeza incerta
E como líder partidário falhado
Encontrou na TV a sua referência.

IV

E como aborto metamorfoseado
Elevado no novo regime a figura certa
Com o povo de novo ençaimado
Cai-lhe no bolso a Presidência
Como útil fascista desmemorizado.

V

E com a ferocidade capitalista desperta
Num Parlamento de direita apoiado
Marcelo/ANP por vontade e exigência
Decretará sobre um povo ajoelhado
Temendo a revolta popular em alerta.

Abr2022

Alberto de Sousa

pctpmrpp

Partilhar
Está em... Home Cultura Marcelo/ANP