INTERNACIONAL

Os trabalhadores gregos vencerão!

Os trabalhadores gregos, conscientes de que para derrubar o governo de traição, ao serviço da tróica germano-imperialista, devem ser marcadas todas as greves gerais que forem necessárias, estiveram de novo em luta, com uma paralisação de 48 horas, demonstrando assim que não estão dispostos a aceitar as medidas reaccionárias e terroristas que o governo reaccionário, encabeçado por Andonis Samaras, pretende impor. Isto é, não estão dispostos a aceitar mais medidas de empobrecimento, cada vez mais gravosas, sobre quem trabalha, sobre os pensionistas e o povo em geral.

As medidas celeradas foram aprovadas num parlamento cada vez mais isolado. Mesmo nas suas fileiras, os partidos traidores dividiram-se, sentindo-se cada vez mais acossados pela luta heróica dos trabalhadores e operários. Estas medidas terroristas não vão com certeza conseguir ter o efeito desejado, bem pelo contrário, não conseguirão suster a revolta cada vez mais violenta dos explorados e oprimidos. Estas medidas verdadeiramente fascistas não passarão!

Este combate sem tréguas por parte da classe operária, dos trabalhadores de todos os sectores de actividade e do povo grego em geral, é um exemplo de luta tenaz para os trabalhadores portugueses que se preparam para efectuar uma greve geral no próximo dia 14 de Novembro.

Viva a luta dos trabalhadores gregos e portugueses!

Os Povos Vencerão!


Partilhar

Adicionar comentário


Código de segurança
Actualizar

Está em... Home Internacional Os trabalhadores gregos vencerão!