PAÍS

POR UMA DIRECÇÃO COMUNISTA NA LUTA DOS TRABALHADORES DA GROUNDFORCE!

GroundForceGreveOs empresários públicos e privados exigem mais-valia no negócio da compra da força de trabalho dos operadores aeroportuários impondo ressarcirem-se do investimento com o dinheiro publicamente sancionado pelo Estado burguês.

Pelo seu lado os trabalhadores aeroportuários lutam pela segurança de vida e pelo pão para a boca em troca da sua prestação profissional.

A tão falada quanto equivocada mais-valia nada mais é do que horas de trabalho não pagas pelo salário recebido pelo trabalhador em troca da sua força de trabalho alienada ao empresário.

Na concorrência geral capitalista um dos factores de vitória de um empresário em particular é o aumento da produtividade do trabalho na sua empresa. Com o aumento da produtividade do trabalho o empresário tem, portanto, a expectativa de aumentar os lucros tanto quanto consiga aumentar a taxa de exploração do assalariado. Mas para o assalariado a expectativa com uma maior produtividade do trabalho é a de maior bem estar e maior liberdade!
 
O modo de produção burguês é indissociável do modo de distribuição que lhe é próprio, quer queira ou não queira o bando de oportunistas do PS, BE, PCP e outros arautos da impossível conciliação de distintos modo de produção e modo de distribuição.

Isto não quer dizer que os trabalhadores não devam lutar pelas remunerações acordadas ou deixem de se bater contra os despedimentos – quer unicamente dizer, isso sim, que a luta pelo pagamento pontual dos salários e outras componentes pecuniárias e a luta contra os despedimentos não pode deixar de ser também a luta por superar a condição assalariador/assalariado, explorador/explorado, típica da relação de produção burguesa!

NÃO AOS DESPEDIMENTOS!

PAGAMENTO DAS OBRIGAÇÕES CONTRATUALIZADAS!

À OCULTAÇÃO SALARIAL OPOR O CONTROLO OPERÁRIO!

19Jul2021

PP

pctpmrpp

Partilhar
Está em... Home País MOVIMENTO OPERÁRIO E SINDICAL POR UMA DIRECÇÃO COMUNISTA NA LUTA DOS TRABALHADORES DA GROUNDFORCE!