CORRESPONDÊNCIAS

Falando do Tuíter

Falando do Tuíter 

Os comunistas nunca tomam decisões, sobretudo de índole estratégica e táctica, sem um fundamento. Quando o camarada Arnaldo Matos decidiu – e bem – assegurar a direcção política do Órgão Central do nosso Partido, logo se registou uma mudança qualitativa.

De mero observador da realidade, o Luta Popular Online passou a assumir a função que cabe a um Órgão Central de um verdadeiro Partido Comunista Operário – o de direcção da luta, o de organizador, o de farol da revolução.

E está a fazê-lo de forma a elevar a consciência dos operários e das massas, assim como dos simpatizantes e militantes, de que a luta é dura e prolongada, de que a luta de classes é o motor da história e de que, sem organização comunista, baseada no centralismo democrático, a classe operária não se poderá constituir em Partido e, muito menos, dirigir a revolução.

 

É neste contexto que se tem de entender a decisão do camarada Arnaldo Matos em criar e animar uma conta na plataforma tuíte,  à qual se pode aceder, quer como utilizador daquela rede social, quer – não sendo utilizador -, através do Luta Popular Online.

 

O camarada, com a inteligência, a sagacidade, o apurado sentido da análise marxista, a capacidade de identificar, a cada momento, quais os temas que devem ser alvo da análise e intervenção, bem como a firmeza que sempre o caracterizou,  tem transformado esta ferramenta numa importante plataforma para dar a conhecer, diariamente, as questões nacionais e internacionais mais importantes, suscitando a discussão das posições do Partido, quer entre simpatizantes e militantes quer, sobretudo, entre os operários e as massas populares.

 

Saibamos, pois, utilizar os seus textos diários no tuíte “...nos contactos com outros camaradas, simpatizantes e amigos do Partido e restantes elementos das massas, da forma que considerarem mais eficaz...”. Saibamos retirar dos ensinamentos que tais textos nos transmitem para definir e estabelecer uma melhor ligação às massas e reforço da organização e direcção do Partido!


15Dez18

Luís Júdice

Partilhar
Está em... Home Correspondências Opinião Falando do Tuíter