EDITORIAL

BICENTENÁRIO DO NASCIMENTO DE KARL MARX (5 de Maio de 1818)

 

Debate com o Camarada Arnaldo Matos

 

Karl

 

A LUTA DE CLASSES E AS ETAPAS DA REVOLUÇÃO

A QUESTÃO NACIONAL

 

Para assinalar o bicentenário do nascimento de Karl Marx (5 de Maio de 1818), o Partido realizará no próximo sábado dia 5 de maio, às 17H00, na sede da Av. do Brasil, 200 A, em Lisboa, um debate com o camarada Arnaldo Matos sobre as novas perspectivas do marxismo acerca da questão central das etapas da revolução e as causas do fracasso das revoluções russa e chinesa e ainda sobre a questão nacional.

Assim como Darwin descobriu a lei do desenvolvimento da natureza orgânica, descobriu Marx a lei do desenvolvimento da história humana: o simples facto, até aqui encoberto por uma exuberante ideologia, de que os homens, antes do mais, têm primeiro que comer, beber, abrigar-se e vestir-se, antes de se poderem entregar à política, à ciência, à arte, à religião, etc., de que, portanto, a produção dos meios de vida materiais imediatos (e, com ela, os estádio do desenvolvimento económico de um povo ou de um período de tempo) forma a base, a partir da qual as instituições do Estado, as visões do Direito, a arte e mesmo as representações religiosas dos homens em questão se desenvolveram, e a partir da qual, portanto, elas têm também que ser explicadas – e não, como até agora tem acontecido, inversamente. Mas Marx descobriu também a lei específica do movimento do modo de produção capitalista moderno e da sociedade burguesa por ele criada. Com a descoberta da mais-valia fez-se aqui de repente luz, enquanto todas as investigações anteriores, tanto economistas burgueses como de críticos socialistas se tinham perdido na treva. (Discurso de Engels junto do túmulo de Marx)

Partilhar
Está em... Home Editorial BICENTENÁRIO DO NASCIMENTO DE MARX