Partido

É cada vez mais premente  a leitura, estudo e discussão das intervenções e dos textos legados pelo camarada Arnaldo Matos. Como o camarada refere, é preciso voltar a estudar Marx e  pôr tudo em causa; é preciso encontrar nos erros cometidos as  explicações dos falhanços das revoluções proletárias.

Nesse sentido, e de acordo com o plano definido pelo Partido e com a participação do Comité da Sede Nacional – Sede Arnaldo Matos – o Luta Popular publica e divulga a segunda parte da intervenção do Camarada, no 1.º de Maio de 2018, na qual responde às dúvidas da assistência e que vão desde o internacionalismo proletário e a necessidade de uma V internacional, reiterando-se  a  importância de retomarmos o princípio marxista de que os operários não possuem pátria, isto é, de qual é o entendimento que os comunistas devem ter em relação à QUESTÃO NACIONAL, o pensamento dialéctico,  o Partido  dos operários, a transição para o comunismo ou o participação dos comunistas nas eleições burguesas.
Na passagem da intervenção a texto escrito, optou-se por  manter as marcas de oralidade, procedendo-se apenas a pequenas alterações de forma a que a comunicação fosse percetível.

Capa2ParteAMatos1Maio2018(Clica para descarregar)

A redacção

pctpmrpp

Partilhar
Está em... Home PARTIDO A nossa Estratégia é o Marxismo