Partido

Monchique

A CENSURA JORNALÍSTICA NO SEU MELHOR 

 

INCENDIO MONCHIQUE(Da nossa correspondente em Monchique) A história que se segue é uma das muitas que se passaram em Monchique e que foi impedida de ser apresentada em conferência de imprensa da Proteção Civil e, depois de ouvida pelos diversos canais de rádio e televisivos, foi pura e simplesmente censurada.

 

José Eduardo é um homem de Monchique e que, como homem do povo que é, mostrou mais uma vez a abnegação destas gentes na luta pelos seus interesses. 

Estando em Portimão quando detectou a presença do fogo próximo da casa de seus pais, onde estavam familiares seus doentes e incapacitados, de imediato empreendeu a viagem de regresso. No cruzamento da estrada do Alferce deparou com um esbirro da GNR que, mesmo após explicar a situação dos seus familiares, lhe tentou barrar a passagem. Perante a sua insistência, e vendo que o senhor José estava disposto a tudo para salvar a sua família, mesmo a dar uma sova no esbirro que lhe impedia a passagem, um oficial permitiu que passasse recusando, no entanto, em acompanhá-lo, apesar da gravidade da situação. Resultado, nunca ninguém apareceu para evacuar estas pessoas doentes e incapazes, que de facto necessitavam de evacuação, e foi o senhor José que salvou a sua família, as suas casas e parte dos animais. Mais um lugar onde nunca foi dada a ordem para os bombeiros intervir.

 

12AGO18                                                                                                Marta Costa

Partilhar
Está em... Home Partido A CENSURA JORNALÍSTICA NO SEU MELHOR