Partido

CTT em Greve Quinta e Sexta-feira

Os trabalhadores dos CTT vão estar em greve em todo o país nos próximos dois dias, quinta e sexta-feira, 21 e 22 de Dezembro, por melhores condições de trabalho e pela manutenção dos empregos.

É uma resposta imediata, frontal e justa às pretensões provocatórias da administração, que ainda ontem ameaçou reduzir 800 postos de trabalho, e que tem estado, desde a privatização da empresa, a despedir trabalhadores, levando à sobrecarga de trabalho dos restantes e à degradação do serviço prestado aos cidadãos.

Tendo em conta a entusiástica mobilização demonstrada pelos trabalhadores nos locais de trabalho, a greve dos CTT vai ter uma forte adesão.

Os CTT – Correios e Telecomunicações de Portugal, privatizados pelo governo vende-pátrias do PSD/CDS por exigência da Tróica, era uma empresa de prestação de serviços exemplar, mas vai em degradação contínua desde que foi privatizada.

Os 6 700 trabalhadores dos CTT, nos dois dias de greve que começará no turno das 22H00 de hoje, devem conferir à sua justa luta o importante objectivo de obrigar o governo de António Costa a renacionalizar os CTT, com o fundamento de que a administração da empresa não está a cumprir o contrato pelo qual o Estado lhe outorgou a concessão do monopólio da prestação do serviço de correios e telecomunicações.

Os trabalhadores prevêem que a greve que irão iniciar nos próximos turnos, às 22H00 e às 23H00 de hoje, no centro de tratamento de correio de Cabo Ruivo, levará sobretudo a que a correspondência fique por distribuir nos dois dias da greve.

Apoiemos a justa greve dos trabalhadores dos CTT!

Exijamos a renacionalização dos CTT, sem custos para o Estado, por incumprimento das cláusulas do contrato de privatização!

20Dez17

CG/AM


 

 

 

 

 

 

 

 


Partilhar

Adicionar comentário


Código de segurança
Actualizar

Está em... Home Partido CTT em Greve Quinta e Sexta-feira