Partido

MRPP. Arnaldo Matos defende legitimidade de atentado em Londres

A falar de Londres, o fundador do MRPP reconhece direito de se usar "todos os meios para destruir o imperialismo nos covis das suas capitais". E que o mesmo pode ocorrer cá por culpa de PS, PSD e CDS.

O fundador do MRPP, Arnaldo Matos, considera legítimo o atentado de Londres, já que os povos que viram “as suas riquezas e a sua força de trabalho roubadas e exploradas pelo terrorismo imperialista têm todo o direito de utilizar todos os meios ao seu alcance para destruir o imperialismo nos covis das suas próprias capitais.” E avisa que os que fazem atentados na Europa “vão acabar por vencer.” Num editorial do Luta Popular Online, Arnaldo Matos — que não faz parte da direção do partido e se terá desfiliado em 1982 — explica que se refere aos “povos do mundo” que “todos os dias vêem as suas famílias, as suas mulheres e os seus filhos despedaçados por cobardes bombardeamentos aéreos na Líbia, n a Síria, no Iraque, no Afeganistão, no Chade, na Somália e em muitos outros países do mundo”.

24Mar17

 

Atentado de Londres foi “legítimo” pois visou “destruir o imperialismo”, diz fundador do PCTP

Arnaldo Matos, líder do partido de extrema-esquerda de inspiração maoísta deixa avisa que "os atentados na Europa vão acabar por vencer" e Portugal não está isento de vir a sentir na pele "o direito dos explorados a retaliar".

O fundador do PCTP/MRPP (Partido Comunista dos Trabalhadores Portugueses), Arnaldo Matos, defende que o atentado de dia 22 de março em Londres foi “legítimo” e que é justificável o uso de “todos os meios para destruir o imperialismo”, que classifica como uma forma de “terrorismo” das classes exploradoras. O líder de extrema-esquerda deixa ainda o aviso: “os atentados na Europa vão acabar por vencer”.

27Mar17

 

Arnaldo Matos defende atentado de Londres para “destruir o imperialismo”

O fundador do PCTP-MRPP, Arnaldo Matos, defende a legitimidade do atentado de Londres, reconhecendo o direito de se usar “todos os meios para destruir o imperialismo nos covis das suas capitais”.

A notícia é divulgada pelo Observador, que destaca que o líder histórico do PCTP/MRPP avisa ainda que os indivíduos que fazem atentados na Europa “vão acabar por vencer”.

No artigo “Tremem as Capitais do Imperialismo/De Novo, Ataque no Coração Londres…”, publicado na passada quinta-feira, Arnaldo Matos diz que aqueles que viram “as suas riquezas e a sua força de trabalho roubadas e exploradas pelo terrorismo imperialista têm todo o direito de utilizar todos os meios ao seu alcance para destruir o imperialismo nos covis das suas próprias capitais”.

27Mar17


 

 

 

 


Partilhar

Adicionar comentário


Código de segurança
Actualizar

Está em... Home Partido Arnaldo Matos nos Jornais