Partido

As provocações ao Camarada Arnaldo Matos e ao PCTP/MRPP

Tendo conhecimento das reles provocações que hoje assumem as novas roupagens do sec.XXI, feitas ao Camarada Arnaldo Matos e ao Partido, não posso deixar de manifestar a mais profunda e veemente indignação.

Estas provocações são  bem a prova de como o inimigo no seu conjunto, imperialistas, capitalistas  e todos os oportunistas e liquidacionistas incluídos, se sente acossado pela justa luta das 35 Horas, a bandeira de vanguarda de toda a classe operária e de todo o povo trabalhador  do nosso país que o nosso Partido decidiu encabeçar oportunamente, orientado pelo seu dirigente Maior, Camarada Arnaldo Matos.

No entanto não é de esquecer que ser atacado pelo inimigo é uma coisa boa!

Inimigo que se sente fortemente  acossado pela denúncia  clarividente e corajosa feita pelo mesmo Camarada sobre a verdadeira natureza terrorista do Imperialismo, a propósito dos legítimos actos de guerra que foram os ataques a Paris, de Novembro passado e demais denúncias  que nunca deixou de fazer, como a  recente participação de militares portugueses  na missão militar da UE.

Os novos provocadores merecem o mais desprezível ódio de toda a classe operária e de todo o povo que seguramente se vão levantar contra estas e demais provocações  que a contra-revolução não deixará de fazer!

Viva a  justa luta de todos os povos do mundo contra o Imperialismo!

Viva a justa luta de todo o proletariado contra a burguesia!

Viva O PCTPP/MRPP!

Viva O Camarada Arnaldo Matos!

21 de Abril de 2016


Júlia


Partilhar

Adicionar comentário


Código de segurança
Actualizar

Está em... Home Partido As provocações ao Camarada Arnaldo Matos e ao PCTP/MRPP