Exmo. Senhor

Director da LUSA

Exm. Senhor,

Como suponho ser já do conhecimento de V. Exa., o PCTP/MRPP apresentou as suas listas de candidatos a todos os círculos eleitorais do Pais às próximas eleições para a Assembleia da República.

A única comunicação que o Partido fez à imprensa a este propósito, incluindo à agência noticiosa que V. Exa. dirige, foi a anunciar a entrega da lista pelo círculo de Lisboa, ontem às 11H00, no Palácio da Justiça.

Pois sucedeu que, tal como já tivemos oportunidade de esclarecer, ninguém dessa agência se dirigiu à delegação do Partido que ali se deslocou, sendo totalmente falso, ao contrário do que a Lusa veiculou, que a mesma delegação de candidatos se tenha recusado ou furtado a prestar declarações a quem não se lhe dirigiu e preferiu gastar todo o tempo a entrevistar um partido – o Livre – que nem sequer ainda nessa altura se podia considerar, pelo menos formalmente, candidato ao círculo da capital, por não ter entregue em juízo a respectiva lista.

Mas, o que mais preocupante se está a tornar é que, tendo a nossa candidatura distribuído, ontem mesmo, uma nota à imprensa, também enviada a essa agência, sobre as razões e linhas políticas gerais da participação do Partido nestas eleições, acompanhada de uma breve biografia da primeira candidata por Lisboa, fomos há pouco contactados por uma jornalista dessa agência, pedindo precisamente informação sobre o conteúdo dos aludidos documentos entretanto já enviados e, pelos vistos, ignorados.

Não desconhecendo que nestas eleições concorre um maior número de partidos , julgamos, contudo, que isso não pode justificar a violação do princípio da igualdade de tratamento de todas as forças politicas candidatas e de respeito pelos cidadãos eleitores.

Vimos, pois, solicitar a V, Exa. a sua intervenção no sentido de evitar a tempo que o nosso Partido, recorrentemente discriminado, volte a sê-lo nestas eleições.

Aproveitamos para reenviar os documentos a que acima nos referimos.

Com os nossos cumprimentos,

                                                                       A Comissão de Imprensa

Partilhar
Está em... Home LEGISLATIVAS 2019 Carta ao Director da Lusa