CULTURA

Se o dinheiro é trabalho alienado

Se o dinheiro é trabalho alienado
Justo é reclamá-lo quem trabalha

Se o capital é trabalho acumulado;
Se o valor enquanto valor de troca
Mede-se pela quantidade de trabalho
Que na mercadoria está incorporada;
Se o preço é a expressão monetária
Do valor de transacção da mercadoria;
Se do capital é o dinheiro lídimo rosto;
Então o dinheiro como tal nada mais é
Do que a alienação do trabalho
Por terra e por mar planetariamente
Levada hoje a cabo pelo capital!

Como o capital é trabalho acumulado
Para mais capital acumular, exacerbado,
Em exploração e alienação generalizadas;
Como o dinheiro é trabalho alienado;
Como em moeda o capital se mede e opera;
O dinheiro é expressão simultânea
Do criado e alienado por quem trabalha.

Como no modo de produção burguês
O produto vale pelo sobreproduto
E o sobreproduto valida o consumo;
Como sobreproduto são horas não pagas
Pelo salário pago ao assalariado;
Como com o que não é pago é que o capital cresce
Como o que não paga e o detém é que enriquece
É na alienação do seu trabalho
Ao detentor do capital que lho consome
Que o assalariado, mercador de si próprio,
À grilheta do pão que cria
A si próprio empobrece:
Justo pois reclamar o que lhe tiram.
E justo ainda economicamente
Ao produto dar a primazia!

04Fev2021

 Pedro

pctpmrpp

Partilhar
Está em... Home Cultura Se o dinheiro é trabalho alienado