CULTURA

Apropriação privada

Apropriação privada

Sim!

Mas de quê?

Do pão para a boca?

Da roupa para o corpo?

Dos instrumentos do saber?

Ou apropriação privada

Da força de trabalho?

Menina dos olhos

Do burguês;

Fonte sempre renovada

Quanto mais exangue

Quem tudo faz.

Menina dos olhos

Do burguês.

Cornucópia da moeda

Quanto basta

Para cobrir a sota

A cada acto.

Apropriação privada

Plena

Para quem trabalha

Liberta enfim das peias

Do perverso saque.

11 Abr 2017

Pedro

Partilhar

Adicionar comentário


Código de segurança
Actualizar

Está em... Home Cultura Apropriação privada