mobile porn porn video teen porn porn site XXX Porn Free porn videos Xnxx

CORRESPONDÊNCIAS

Terras de Viriato em Chamas!

Terras de Viriato em Chamas!

Quem são os Assassinos?

Em todo o Maciço Central, assim como na maior parte do território nacional, mais uma vaga de incêndios veio semear a morte e a destruição, alcançando proporções nunca dantes vistas no nosso país.

Percorrendo algumas centenas de quilómetros, desde a madrugada do passado dia 15, pudemos verificar a imensidão do incêndio que pelas 6,30horas da madrugada já lavrava nas imediações e viria a manter isolada por várias horas a aldeia de Sabugueiro, na Serra da Estrela…

De Seia a Nelas e de Tondela a Santa Comba Dão e Mortágua; de Castro Daire a São Pedro do Sul e de Vouzela a Oliveira de Frades –, em toda a Região de Lafões e por todo o distrito de Viseu onde o maior número de mortes ocorreu; por todos os lugares onde passei, vi morte, desolação e destruição; e gente a pedir justiça e castigo severo para os assassinos!

Vi na freguesia de Ventosa – Vouzela os que choravam a morte dos entes queridos; e, na zona industrial de Campia – Vouzela, homens e mulheres a repor as tubagens do abastecimento de água às habitações, onde o fogo rondou junto às fábricas…

Mas foi na Zona Industrial de Oliveira de Frades que uma maior desolação me comoveu ao contactar com aqueles que choravam toda a esperança das suas vidas destruída;

Mais de uma dezena de fábricas ficaram completamente destruídas, e centenas de trabalhadores sem os seus postos de trabalho, em que um dos casos mais significativos é o da Portax - Iberoperfil SA, onde a revolta de alguns trabalhadores ali concentrados com quem falámos era ainda maior porque, segundo eles próprios nos contaram, o incêndio só se propagou porque “o depósito abastecedor de água às bocas-de-incêndio se encontrava vazio, não obstante a Inspecção do Trabalho ter inspecionado a empresa há uma semana” (bela inspeção, sim senhora!) …

Enquanto um outro operário da mesma empresa, com a firmeza de quem sabia do que falava, nos transmitia este sábio comentário: “o que se está a passar no país só acontece porque há muita gente a ganhar dinheiro com isto!”…

Pois eu penso exatamente como este operário!

E, provocam-me náuseas as pantominices do primeiro-ministro António Costa proferidas na sua inútil e miserável declaração de boas intenções (mais uma!) transmitida ao país, onde não se coibiu de revelar, mais uma vez, toda a incapacidade e incompetência para resolver qualquer problema relacionado com a floresta, a menos que se trate de alimentar o negócio dos incêndios.

Quem se lembra das declarações deste mesmo primeiro-ministro proferidas a propósito dos grandes incêndios que devastaram no ano passado todo o Maciço da Gralheira entre os concelhos de Arouca e São Pedro do Sul?

Nessa altura, a prioridade apontada para os concelhos afectados foi a de “repor a economia a funcionar e em particular dos agricultores, e pensar no reordenamento da floresta, de forma a prevenir que situações destas venham a ocorrer no futuro”!

Um ano decorrido, e o que é que se viu? Que nada foi feito e mais milhares e milhares de hectares de área ardida e, no espaço de tempo de 4 meses, para cima de uma centena de pessoas assassinadas pela incúria governamental ao serviço das grandes negociatas em torno da lucrativa indústria incendiária!

Não restam dúvidas de que estamos perante um cartel de incompetentes e assassinos acoitados em diversos órgãos do poder político e económico que não olham a meios para atingir os seus fins, matando, queimando e destruindo o país, comandados pelos interesses do imperialismo global…

Basta de ilusões!

Este governo deve ser demitido! E, os seus apoiantes desmascarados!

Viva a Revolução Proletária!

18Out17

Viriato


 

Partilhar

Adicionar comentário


Código de segurança
Actualizar

Está em... Home Correspondências Terras de Viriato em Chamas!